Concurso Público da Nova Sede CAU/BR+IAB-DF recebe 328 inscrições

O Concurso Nacional de Projetos de Arquitetura e Complementares para Nova Sede do CAU/BR e do IAB/DF, a ser construída em Brasília, recebeu 328 inscrições. “É um resultado expressivo, ainda mais se considerarmos que cada inscrição contempla diversos profissionais que compõem a equipe técnica requisitada”, afirma o presidente do CAU/BR, Haroldo Pinheiro. “Essa participação dos arquitetos e urbanistas mostra que existe uma enorme demanda por mais concursos de Arquitetura e Urbanismo no Brasil”.

“É um resultado acima do esperado, estamos positivamente surpresos”, afirma o presidente do IAB-DF, Matheus Seco. “O edital foi feito de acordo com as lutas do IAB para legitimar o processo de concurso como uma forma efetiva de licitação. É uma evolução na garantia da contratação do projeto completo, permitindo manter o projetista do início ao fim do processo”.

O conselheiro do CAU/BR Heitor Maia também comemorou o grande número de inscritos. “É um número até certo ponto surpreendente, mas que demonstra a importância da realização de concursos de Arquitetura e Urbanismo. O CAU/BR e o IAB-DF dão um exemplo de como devem ser feitas as obras públicas no Brasil”, afirma. Para o conselheiro Celso Costa (MS), o resultado destaca a importância do concurso para a categoria. “É um dos fatos mais importantes de nossos quatro anos de CAU, é um marco da nossa maturidade institucional”.

As equipes inscritas têm até o dia 9 de novembro para entregar os Estudos Preliminares da Nova Sede, com as informações gerais e determinantes para a ponderação com os dez critérios básicos de avaliação publicados no Edital. A análise e seleção das propostas será feita entre os dias 10 e 13 de novembro, por uma Comissão Julgadora composta por cinco arquitetos e urbanistas indicados pelo IAB/DF e pelo CAU/BR:  Aleixo Furtado (DF), Bete França (SP), Bruno Santa Cecília (MG), Glauco Campello (PE) e Roberto Loeb (SP).

A equipe vencedora da licitação será contratada para realizar o Projeto Executivo de Arquitetura e demais Projetos Complementares (de Interiores; de Cálculo Estrutural e Fundações; de Instalações Prediais; de Condicionamento Térmico e Conforto Ambiental; de Comunicação Visual e de Paisagismo; além de Orçamento Final da Obra, Cadernos de Especificações, Coordenação Técnica e Compatibilização dos Projetos. O valor do contrato será de R$ 1.491.982,00 (Um milhão, quatrocentos e noventa e dois mil, novecentos e oitenta e dois reais).

O resultado do concurso será divulgado no dia 14 de novembro. Além do contrato de prestação de serviços para a equipe vencedora, serão distribuídas as seguintes remuneração e premiações às equipes classificadas nos cinco primeiros lugares:

1º colocado: R$ 70.000,00 (setenta mil reais, correspondentes à remuneração pela 1ª etapa do Projeto: Estudo Preliminar);
2º colocado: R$ 20.000,00 (vinte mil reais);
3º colocado: R$ 15.000,00 (quinze mil reais);
4° colocado: R$ 10.000,00 (dez mil reais);
5° colocado: R$ 5.000,00 (cinco mil reais).