Conselho da UIA aprova estrutura do UIA2020RIO

Conselho da UIA aprova, por unanimidade, estrutura do UIA2020RIO

Arquitetos de todo o mundo serão convidados a vivenciar a cidade do Rio de Janeiro no 27º Congresso Mundial de Arquitetos (UIA2020RIO). O evento, previsto para acontecer em julho de 2020, está estruturado no eixo da Avenida Rio Branco, no Centro da capital carioca. A proposta foi apresentada na 130ª Reunião do Conselho da União Internacional dos Arquitetos (UIA), realizada entre os dias 2 e 5 de março, em Seul (Coreia do Sul), e aprovada por unanimidade.

Para o representante do IAB no conselho da UIA, Roberto Simon, a utilização de equipamentos e espaços da cidade, entre eles a Marina da Glória, o Museu de Arte Moderna do Rio, a Praça Mauá e o Museu do Amanhã é alternativa mais atraente do que a simples ocupação de um centro de convenções.

“O Centro do Rio tem uma capacidade impressionante para abrigar o Congresso. Temos como linha de corte as águas da Praia do Flamengo e a Avenida Rio Branco. Outros dois equipamentos importantes que completarão a estrutura do UIA2020RIO são o edifício Gustavo Capanema e o Maracanãnzinho”, explicou Simon.

A região é talvez a mais bem estruturada da cidade, principalmente após obras de revitalização da Região Portuária. “O Centro é bem servido de metrô, de ônibus e, desde de junho, de veículo leve sobre trilhos (VLT). O bairro abriga ainda uma boa estrutura hoteleira, capaz de receber os congressistas confortavelmente”, afirmou o presidente do IAB, Sérgio Magalhães.

A realização do UIA2020RIO no Centro tem como objetivo, além de mostrar ao mundo desenhos diversos de urbanidade, destacar a força e a importância dos centros urbanos consolidados ao conjunto da sociedade.

O 27º Congresso Mundial de Arquitetura será o maior evento do Rio de Janeiro após as Olimpíadas. A expectativa é que o evento atraia entre 15 mil e 20 mil arquitetos de todo o mundo a capital carioca. O UIA 2020 RIO tem o apoio do Conselho de Arquitetura e Urbanismo do Brasil (CAU/BR), do Conselho de Arquitetura e Urbanismo do Rio de Janeiro (CAU/RJ), da Federação Nacional de Arquitetos e Urbanistas (FNA), da Associação Brasileira de Arquitetos Paisagistas (ABAP), da Associação Brasileira de Escritórios de Arquitetura (AsBEA), da Associação Brasileira de Ensino de Arquitetura e Urbanismo (ABEA), da Associação Nacional de Pesquisa e Pós-graduação em Arquitetura e Urbanismo (ANPARQ), do Conselho Internacional dos Arquitetos de Língua Portuguesa (CIALP) e da Federação Pan-Americana de Associações de Arquitetos (FPAA).