IAB faz recomendações às eleições do CAU

A Direção Nacional do IAB divulgou, na segunda-feira, 7 de agosto, nota com recomendações para as eleições do Conselho de Arquitetura e Urbanismo do Brasil (CAU/BR). Arquitetos de todo o país escolherão, no dia 31 de outubro, os novos conselheiros estaduais e federais da autarquia para o triênio 2018-2020.

Clique aqui para baixar o documento da Direção Nacional do IAB
 
De acordo com o documento, o Instituto reitera o compromisso da entidade por um conselho atuante em defesa da profissão, da arquitetura e da sociedade brasileira. A Direção Nacional recomenda que todos os Departamentos se empenhem para que o resultado das eleições reflita também tal compromisso. O prazo para inscrição de chapas para os cargos de conselheiros federal e estadual se encerra no dia 8 de setembro. Para participar, os interessados devem formar chapas contendo candidatos para todas as vagas de conselheiro titular e suplente do CAU/UF mais uma vaga de conselheiro (titular e suplente) do CAU/BR. O número de vagas disponíveis em cada CAU/UF foi divulgado no dia 28 de julho (clique aqui). Haverá ainda uma eleição paralela para as vagas de conselheiro titular e suplente do CAU/BR para representar as instituições de ensino superior.
 
A Direção Nacional espera que a composição das chapas se dê com ampla representatividade das diversas modalidades de atuação dos arquitetos, seja como dono de escritórios de projetos, empregado em empresa privada, funcionário público, profissional autônomo, professor, construtor, consultor e outras atividades corretalas. Ela destaca ainda aspectos do ideário propositivo da entidade para reflexão dos candidatos e futuros conselheiros:
“A defesa e valorização da arquitetura e da cultura arquitetônica como instrumentos essenciais para a promoção de ambientes urbanos mais qualificados; a defesa de projetos completos para que se alcance obras mais bem construídas; a reafirmação dos concursos públicos de projetos como modalidade de licitação mais democrática e transparente para escolha e contratação de projetos”, entre outros.