Palestra do arquiteto Tobias Wallisser no IAB-RJ aborda novas tecnologias de representação e construção

O IAB-RJ acolheu no seu auditório no último dia 07 de março de 2018, a palestra do arquiteto de Sttugart na Alemanha Tobias Wallisser, que desenvolve seu trabalho em torno das novas tecnologias no grupo LAVA Laboratório para Arquitetura Visionária (Laboratory of Visionary Architecture). A palestra «Green is the new black» apresentará o trabalho inovador do grupo LAVA, através de um dos seus fundadores o Arq. Tobias Wallisser. LAVA desenvolve um trabalho associando as novas tecnologias com padrões encontrados na natureza, para construir um futuro mas esperto, amigável, socialmente e ambientalmente mais responsável. Os exemplos das construções apresentadas foram o Museu Mercedes-Benz em Sttugart, Sede da Philips em Einhover na Holanda, a torre Comiche em Abu Dabi, dentre outros. As edificações do grupo LAVA envolvem uma certa perda da substância da forma, negando de certa forma o visualismo privilegiando um experimentalismo cinestático, que envolve deixar fluir uma certa deriva, uma arquitetura líquida. Como na citação do livro Abrigos Sensíveis, lançado na mesma ocasião pelo escritório LAMO – Laboratório de Modelos e Fabricação Digital , localizado no Programa de Pós Graduação em Urbanismo (PROURB), na Faculdade de Arquitetura e Urbanismo da UFRJ, no texto de Laura Lago Basile;

“Como tentativa de romper uma arquitetura estática, a experiência espacial é gerada através de uma interação entre a performance do sujeito no espaço e a resposta do meio ao usuário. O reflexo desses sistemas localizados no ambiente sugerem uma adaptação ou resistência a um impulso dado por um sujeito.” BASILE, Laura Lago – Abrigos Sensíveis – PROURB Rio de Janeiro 2017.

A palestra, que foi proferida em Inglês, surge de um convite do IAB-RJ para uma aproximação mais intensa com os processos inovadores em desenvolvimento nas escolas de arquitetura no estado do Rio de Janeiro. A ideia é tentar reunir na sede do IAB-RJ diferenciados cursos e conteúdos ministrados nas diversas escolas de arquitetura do Rio de Janeiro, de maneira a que as didáticas e propostas possam ser compartilhadas, por professores e alunos de todo o Estado. O livro Abrigos Sensíveis, experimentos em arquiteturas responsivas e fabricação digital aborda as experiências do LAMO, desenvolvidos no ano de 2017, que propõe um certo deslocamento da estável tríade Vitruviana, a ideia de firmitas em direção à instabilidade, a utilitas em direção a fluidez espacial, e a venustas em direção a desmaterialização da forma.
Abaixo um currículo reduzido de Tobias Wallisser

Professor Tobias Wallisser leciona em Construção Inovativa e Concepção Espacial (Innovative Construction and Spatial Concepts), é Vice-Presidente da Academia Estadual de Belas Artes de Sttugart (State Academy of Fine Arts in Stuttgart). Em 1997, ele recebe grau de mestre em projeto digital da Universidade de Colúmbia em Nova York. Como diretor criativo no UN-Studio em Amsterdam por 10 anos, ele foi responsável por muitos projetos, incluindo o Museu Mercedes-Benz, na Alemanha. Em 2007, ele funda o Laboratório para Arquitetura Visionária (LAVA) com dois sócios, Chris Bosses e Alexander Rieck, o escritório é conhecido por suas pesquisas que combinam a tecnologia digital para a criação de edifícios sustentáveis para projetos em diferentes climas e diferentes meio ambientes culturais. Em 2016, o laboratório LAVA recebeu o prestigioso Prêmio da Arquitetura Européia.